Proibição de Fogos de Artificio foi debatida em Audiência Pública


O Plenário da Câmara Municipal de Vereadores de Ijuí foi palco na noite de ontem, da Audiência Pública para tratar do tema sobre a regulamentação do uso de fogos de artificio no município. O Projeto que está tramitando na Casa é de autoria do Vereador Adalberto de Oliveira Noronha (PT), sendo que sua iniciativa busca a preservação da saúde, e a integridade das pessoas, animais e meio ambiente, conforme justificativa apresentada.

Na oportunidade, estiveram presentes várias entidades representativas da comunidade, as Ongs de Proteção Animal Associação Protetores da Vida - APV, Associação Amigos dos Animais de Ijuí – AAAI, Grupo de Incentivos aos Cuidados com os Animais de Ijuí – GICAI, bem como, professores, Escola de Educação Especial Recanto da Esperança - APAE, Associação da Saúde Metal de Ijuí – ASSAMI/Casa AMA, Grupo de Apoio aos familiares de pessoas com Autismo, 12° Corpo de Bombeiros – Município de Ijuí, Hospital de Caridade de Ijuí, Vereadores Edmilson Franco Mastella (PDT), Jeferson Dalla Rosa (PSB), Junior Carlos Piaia ( PCdoB), Marcos César Barriquello (PDT), a Secretária do Meio Ambiente Adressa Stum Gressler, Fiscal de Código de Posturas Paulo Pietzack e demais pessoas da sociedade. O debate foi de suma importância para a comunidade e trouxe diversos olhares referentes ao tema em questão,  principalmente sobre a aprovação do Projeto.

Conforme o vereador Adalberto de Oliveira Noronha – (PT): “a poluição sonora causada pela queima de fogos acaba com o sossego de pessoas e animais, provocando perturbação em pacientes e hospitais. Além de perturbar e dificultar o tratamento de crianças com autismo é causadora de traumas irreversíveis aos autistas e animais, principalmente por serem mais sensíveis”. Destaca o edil.

Como encaminhamento, será constituída uma comissão por representantes das entidades e do legislativo, para que de forma conjunta possam ser elaboradas campanhas educativas de conscientização das consequências ocasionados pela soltura dos fogos de artificio, que provocam crises de pânico em crianças e animais e acidentes com lesões graves e até mesmo a morte de pessoas.  Sendo assim, coibir a soltura de fogos é uma questão de saúde pública e de preservação da vida.

Proibição de Fogos de Artificio foi debatida em Audiência Pública



Enviar por e-mail Imprimir

Fale conosco

Mande suas críticas e sugestões para o portal

Contato

Imprensa

Se você é imprensa cadastre-se e receba as notícias fresquinhas

Cadastre-se

Curta

Rua Benjamin Constant, 116, Centro, 98700-000, Ijuí - RS
Caixa Postal, 541 - Cep: 98700-000 - Telefone: (55)3331-0100

Horário de atendimento: Atendimento ao público de segunda-feira: 12h às 18h. De terça a sexta-feira: 07h às 13h. Segundas-feiras sessão plenária ordinária a partir das 18 horas.

Visualizar mapa